Scotch Bonnet – Onde tudo começou (parte-02)

SCOTCH BONNET

Se você não leu a PARTE-01 desta minha SAGA – CLIQUE AQUI

Parte-02

Ao receber as Sementes da Pimenta Scotch Bonnet em 15/03/2000 fui correndo providenciar a germinação o quanto antes

Instalei uma lâmpada de 300W dentro daquelas Churrasqueiras de tijolinho que tinha em casa e com uma sementeira e substrato correto providenciei o berçário das pimentas

A cada 4h eu ou minha esposa borrifava água e a lâmpada permanecia acesa 24h por dia. Com esses procedimentos eu garantiria uma boa germinação. Lembro-me de acordar a noite para borrifar água e garantir a umidade do berçário.

Passaram-se 3, 5, 10 dias e nada. E eu continuei a manter água e luz. Depois de quase perder a esperança que iria germinar as sementes, apenas no vigésimo dia começou a dar sinal de germinação. No vigésimo quinto e no trigésimo segundo dia também. E foi só. De quarenta sementes plantadas apenas 3 germinaram

Acabei nunca perguntando ao meu amigo se ele comprara aquelas sementes ou se comprou a pimenta e tirou as sementes, com certeza deve ter sido a segunda opção, pois quem comercializa sementes efetuar uma série de testes para garantir 90% de taxa de germinação, e, somente depois disso efetua as vendas

Eu tinha 3 futuros pezinhos de Pimenta Scotch Bonnet germinados e crescendo, mas o tratamento a ser dado a eles deveria ser muito mais intenso e cuidadoso se eu quisesse que elas vingassem

Para ajudar, um dos pezinhos morreu na caminhada e eu dobrei o cuidado com os dois que sobraram. Com certeza, eu parecia um enfermeiro cuidando de um paciente 24h por dia internado na UTI, tamanho o cuidado que tinha com os 2 pezinhos de Scotch Bonnet

Aos 65 dias depois de germinado começaram aparecer as Primeiras Flores e somente depois desse tempão todo tive certeza que iria colher as Scotch Bonnet.

Veja a Foto da Minha Primeira Scotch Bonnet Madura

SB

Não vamos perder a conta, estávamos no Ano 2000 e nesse momento que minhas Scotch Bonnet começaram a madurar, adivinhem quem toca a campainha lá de casa?

Eu e meu amigo estudamos 5 anos juntos e comemos na época de faculdade muitas garrafas de Malagueta em conserva juntos. No começo era 1 litro por ano, depois 1 por semestre e no último ano comemos juntos 30 litros o que deu quase 1 litro por semana (considerando as férias)

Naquela altura de nossas vidas, nós e somente nós sabíamos o quanto eu era doido por Pimentas. Ele até gostava, mas somente os meus olhos brilhavam quando via, sabia, comia uma Pimenta

Pensei no momento que ele trouxera umas Scotch Bonnet pra eu comer fresca, por outro lado pensei nem precisa pois as minhas estão começando a madurar e eu que vou dar as pimentas pra ele. Talvez tivesse trazido umas sementes das boas, já que aquelas que ele me deu tanto trabalho pra germinar e fazer crescer que quase ganhei o divórcio da minha esposa. Lembro-me que quando a neném que tínhamos na época chorava de fome no berço, eu levantava correndo e ia ver primeiro as pimentas e depois pegava minha Carolina para dar mamadeira.

Meu amigo não trouxera nem Pimenta fresca, nem molho, muito menos umas sementes de boa qualidade. O presente que ele trouxera pra mim la dos EUA era um livro

Abri o pacote e era o GUINESS BOOK 2000 que tinha acabado de sair nos EUA e que ele já me entregara com um marcador de PIMENTA, justamente para me provocar

Abri o livro no local marcado e simplesmente havia a descrição da PIMENTA MAIS ARDIDA DO MUNDO NO ANO 2000

Pra minha surpresa a Pimenta mais Ardida do Mundo não era a Scotch Bonnet da Jamaica e sim uma Pimenta de CUBA. Isso mesmo a Pimenta HABANERO que significa Pimenta da HAVANA (Capital de Cuba) acabara de ser catalogada pela Universidade do Novo México como a Pimenta Mais ardida do Mundo. No Guiness Book dizia que testes agora não mais organolépticos iguais ao Criado pelo Farmacologista Wilbur Scoville, mas testes de HPLC (Cromatografia líquida de alta eficiência) que são feitos em em cromatografos, havia determinado que a HABANERO de Cuba tinha 577.000 Scoville

Eu sentei para não cair. Eu que estava quase tendo uma Pimenta que comprovadamente já era 20 vezes mais ardida que a Dedo de Moça, estava lendo que havia uma pimenta que era o 48 vezes mais ardida que a Dedo de Moça

Começara ali a minha busca pela Pimenta Habanero

Como este artigo está ficando um pouco grande, vou continua-lo na ainda esta Semana. Não perca aqui no Site mesmo

Para saber um pouco mais sobre esta Pimenta, acesse aqui no site mesmo clicando em PIMENTA SCOTCH BONNET, onde eu classifico esta Pimenta em SÉTIMO LUGAR da série de 12 PIMENTAS PRA COMER ANTES DE MORRER

Saiba agora um pouco mais sobre a  PIMENTA HABANERO

Não perca a continuação da Minha Saga de Descoberta das pimentas

Abraços

Marcos Tambelini

 

 

COMPARTILHE

Deixe sua resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*