Como é apresentada a PIMENTA aos bebês?

bebes

Aqui no Brasil, pode parecer bastante estranho introduzir pimenta aos bebês, mas em outras partes do mundo é normal desde cedo apresentar aos bebês alimentos picantes e pimentas.

Além de ser uma tradição a dieta com pimenta, em alguns países existe uma crença que as PIMENTAS trazem boa sorte para os recém chegados bebes ao Mundo

A maioria dos países usa especiarias não somente para adicionar sabor à sua culinária, mas também como remédios caseiros. Sendo assim, muitas pessoas acreditam que as pimentas e as especiarias têm propriedades curativas.

Segue abaixo algumas maneiras pelas quais famílias em todo o mundo apresentam as PIMENTAS e especiarias para seus bebês:

LIBERIA

É costume para alguém na família imediata (exceto a mãe) para colocar uma mancha de PIMENTA DE CAIENA no nariz do recém-nascido nos primeiros 3 dias de nascimento. Isso é repetido quatro ou cinco vezes nos próximos meses. Acredita-se que a PIMENTA CAIENA ajudará o bebê a estar preparado para os tempos difíceis da vida – para torná-lo corajoso e forte e não cair doente.

Os liberianos usam PIMENTA CAIENA como alimento básico, não apenas na culinária, mas também para tratamento e prevenção de resfriados e outros vírus e dores.

ÍNDIA

Após os 8 primeiros meses de vida, ou seja, assim que o bebê é apresentado a comida sólida, as famílias indianas introduzem temperos de curry levemente na dieta do bebê. Para domar o tempero, eles misturam as especiarias em iogurte e nas mamadeiras noturnas.

COREIA DO SUL

Em algumas famílias coreanas, a tradição diz que, quando um bebê nasce, as famílias realizam um ritual chamado Geumjul. É a tarefa simples de pendurar um fio de corda na entrada da porta da frente com fitas de papel. Se o bebê for um menino, é inserido nesta corda PIMENTA CAIENA SECA. Este ritual é feito para afastar os espíritos malignos da casa do bebê.

Além disso, os pais acolhem o paladar do bebê com os alimentos picantes no início, alimentando-os Kimchi, que é um prato feito com repolhos picantes e fermentados e rabanetes utilizados como condimento em muitos pratos coreanos. Até a idade de um ano, as crianças já estão  totalmente acostumadas com os alimentos nativos picantes.

JAPÃO

Quer seja superstição ou folclore, as mulheres grávidas no Japão são avisadas para não comer alimentos picantes. Acredita-se que seu bebê nascerá com um temperamento curto. No entanto, após o nascimento do bebê, o wasabi, o condimento muito picante, tipo pasta, é apresentado ao bebê para tentar com o primeiro rolo de sushi.

MÉXICO

Um alimento comum para bebês no México, é apresentado aos bebês com 8 meses de vida que é o purê feito com abacate, limão e PIMENTA

E aqui no Brasil? Como você acha que é introduzido as PIMENTAS para as Crianças?

Bem eu fui apresentado para as PIMENTAS aos 6 anos de idade, e, de lá para cá não parei de comer um só dia.

Se você tem uma experiência e gostaria de compartilhar deixe seu cometário abaixo.

Um Abraço

Marcos Tambelini

COMPARTILHE

Deixe sua resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*