#Lugar01 – PIMENTA TRINIDAD SCORPION MORUGA

Trinidad Scorpion

 

PIMENTA TRINIDAD SCORPION MORUGA

Espécie: Capsicum Chinense

Ardência: 1.200.000 Scoville

Origem: Trinidad e Tobago

Parece que produtores, cientistas e desbravadores de pimentas em florestas nativas estão participando de uma grande competição para determinar dia após dia quem chega na frente e mostra uma pimenta mais ardida que a outra

Foi essa “competição” que motivou o fazendeiro Wahid Ogeer da região de Moruga de Trinidad e Tobago a desenvolver a e batizar a pimenta TRINIDAD SCORPION MORUGA.

Em 2012 especialistas do Instituto Pimenta da Universidade do Novo México nos EUA classificou a TRINIDAD SCORPION que tem o tamanho um pouco menor que uma bola de tênis, como a Pimenta mais ardida do Mundo

Em um campo experimental e para testes com pimentas na Universidade, foram plantados 125 pés de TRINIDAD SCORPION, e, comparou-se os resultados com as Pimentas Bhut Jolokia, 7-POT e Jolokia Chocolate. A TRINIDAD SCORPION superou a todas

Sua ardência média superou a 1.200.000 Scoville enquanto alguns frutos alcançaram mais de 2.000.000 Scoville

Depois deste record, sementes da TRINIDAD SCORPION, passou a circular pelo mundo sendo difundida como a Pimenta mais ardida do Mundo

No Brasil ela chegou apenas em 2014 e ainda não existe plantações de grandes áreas pelo país.

Por ser uma Pimenta ainda desconhecida pelos brasileiros, os produtores preferiram manter a consolidada plantação de BHUT JOLOKIA que já tem um grande mercado consumidor.

Em conversa que tenho com produtores, a grande dificuldade encontrada por eles é encontrar sementes de matrizes que não sofreram cruzamento. A maioria dos produtores que importaram a semente para plantar a TRINIDAD SCORPION acabaram plantando perto de plantação de Pimenta Biquinho e adivinhem o que aconteceu?

Cruzamento. Isso mesmo

O cruzamento de uma TRINIDAD SCORPION com uma Biquinho resultou numa TRINIDAD SCORPION menos ardida que a BHUT JOLOKIA, e, isso acabou arranhando um pouco a imagem da TRINIDAD SCORPION no Brasil

O meu objetivo aqui na CONFRARIA DA PIMENTA é levar conhecimento aos leitores do site, e, difundir as PIMENTAS.

Desenvolver uma Pimenta seletivamente ardida não tem erro. Primeiro temos que ter genética, ou seja, uma semente de Matriz boa sem cruzamento, depois calor e fornecer stress hídrico antes da floração. Seguindo estes passos, temos condições de ter uma TRINIDAD SCORPION mais ardida que a famosinha CAROLINA REAPER

Por ser uma pimenta de fácil manejo, por ser totalmente domesticada, bem diferente da CAROLINA REAPER que tem muitos “macetes” para fazer frutificar é que escolhi essa maravilha da Pimenta TRINIDAD SCORPION MORUGA com o  primeiro lugar na lista das 12 Pimentas para comer antes de morrer

SEMENTES – CLIQUE AQUI

Marcos Tambelini

COMPARTILHE

Deixe sua resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*