Malagueta, dedo-de-moça, cumari, habanero, tabasco, jalapeño. Não faltam opções de pimentas para temperar e dar sabor aos alimentos. A variedade existente no Brasil e no mundo é ampla, tanto quanto os benefícios que elas podem propiciar ao organismo.

Atreladas a um estilo de vida saudável, essas frutinhas picantes(sim, para a botânica, pimentas são frutas) podem melhorar o humor, ajudar a emagrecer, aumentar a circulação sanguínea e agir como anti-inflamatórios.

As propriedades também aumentam a produção da endorfina, o hormônio do prazer e do bem-estar, e de outras substâncias também ligadas à satisfação, como a serotonina e a dopamina. “Para a mulher, a melhora na irrigação sanguínea e a elevação da serotonina ainda produz um efeito afrodisíaco”, afirma.

CONTROLA O PESO E É ANTIOXIDANTE

A ação sobre o controle do peso se dá pela aceleração da queima metabólica. A pimenta ganhou popularidade ao ser utilizada com essa finalidade em uma dieta de desintoxicação e emagrecimento adotada por famosos, como Beyoncé, Jared Leto e Rachel McAdams.

Seus impactos sobre o metabolismo foram comprovados em uma pesquisa conduzida na Univesité Laval, do Canadá (Québec). Durante um período, voluntários consumiram uma pequena porção de pimenta-caiena no café da manhã e tiveram o apetite reduzido e a queima de calorias aumentada.

Graças à presença de vitamina C, licopeno e outros pigmentos, as pimentas ainda têm efeito antioxidante. “Juntos, eles promovem uma varredura de radicais livres desencadeadores do processo inflamatório”

Novidades e Promoções

[]
1 Step 1

Somos totalmente contra spam

keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Posts recentes