Colombo descobriu as Pimentas

colombo

 

A história da pimenta começa na América Central

A pimenta é comidas por um quarto da população da Terra a cada dia, em países de todo o mundo. Eles são arbustos perenes, pertencentes à família Capsicum, e foram completamente desconhecido para a maioria do mundo até Cristóvão Colombo descobrir o caminho para o Novo Mundo em 1492.

Claro, Colombo não estava à procura de Pimenta. Como muitos de nós aprendemos em nossas aulas de história do ensino médio, Colombo estava procurando uma nova rota comercial para a Ásia.

Nesta época os grãos de pimenta eram conhecidos como “ouro negro” devido ao seu valor como mercadoria, muitas vezes usado para pagar o aluguel ou salários. Até bem depois da Idade Média, quase todos de pimenta do mundo viajou da costa do Malabar, na Índia. De lá, ele foi negociado através dos comerciantes de Veneza para o resto da Europa – isto é, até o Império Otomano cortar a rota de comércio em meados dos anos 1400.

Sem acesso às antigas rotas, os exploradores europeus partiram em busca de novas riquezas para as suas coroas e novas rotas para essas preciosas especiarias, incluindo cravo, maça e noz-moscada a partir de Ilhas Molucas da Indonésia.

Como sabemos, Colombo não encontrou nem a pimenta preta,  nem a rota das especiarias para a Ásia. No entanto, deu o nome de ilhas das Caraíbas a “Índias” e a população indígena “índios”. Ele também chamou a planta picante que  arrancou das margens do que é hoje a República Dominicana e Haiti uma Pimenta Confusa. Esta Pimenta, conhecida localmente como AJI, foi levada a Península Ibérica, juntamente com muitos outros novos alimentos que se tornariam comuns no Velho Mundo.

No momento em COLOMBO chegou ao Novo Mundo, as pimentas já tinham sido totalmente domesticada pela população nativa. Eles se originaram na América Central, a região que se estende da região central do México para a América Central e norte da Costa Rica.

Os arqueólogos traçaram sua domesticação por volta de 5000 AC, no vale Tehuacán do México – o que significa que elas ja eram domesticadas quando Colobo as descobriu. Os primeiros relatórios de conquistadores citou uma grande presença de Pimentas em tradições astecas e maias, usado não apenas para alimentar e incrementar sabor as comidas locais, mas também para dedetizar casas e para ajudar a curar doenças.

Então COLOMBO foi responsável pela proliferação da PIMENTA pelo Mundo?

Não exatamente.

Colombo deu primeiro passo para a distribuição da Pimenta, mas, apesar do fato de que ele levado a AJI para a Espanha, foram os Portugueses e suas grandes rotas de comércio que foram responsáveis pela rápida distribuição e expansão da pimenta em outras partes do mundo.

Marcos Tambelini

COMPARTILHE

Deixe sua resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*